07 17 Mateus 10, 34 a 11,1

 

INTRODUÇÃO

Bom dia, caros  ouvintes da Radio Maria  É uma  alegria estar convosco para refletir o Evangelho  a Palavra de Deus  nesta  emissão da rubrica “Luz de Cada Dia”, transmitida nas frequências 100.2 em Lisboa, 100.08 no Porto e online em www.radiomaria.pt.

A palavra de Jesus é,  uma luz que ilumina todos os homens e mulheres de fé, independentemente de sua cultura ou nacionalidade. Quando escutamos  a mensagem do Evangelho a Boa Nova  e a aplicamos em nossas vidas, estamos aptos a enfrentars as dificuldades, desafios e incertezas com entusiasmo e contagiamos os nossos amigos e familiares  com nosso testemunho   Escutar diariamente luz de cada dia é tornar-se   instrumentos de esperança, paz e amor entre todos os nossos amigos e familiares

Antes da Leitura do Evangelho convido o ouvinte a escutar  com fé o  Canto “ luz de Cristo ilumine a terra inteira”  Este cântico constitui  um convite ao   Espírito Santo a guiar-nos na  compreensão e da mensagem de Jesus

INTRODUÇÃO AO EVANGELHO

Hoje Jesus vai-nos surpreender  com a mensagem transmitida por  Mateus 10, 34 a 11,1:. A sua vinda ao mundo trouxe consigo tanto uma mensagem de vida abundante como nos diz João capitulo 10, 10 quanto divisão e conflito pois nem todos estarão dispostos a aceitar e seguir a mensagem de Cristo.

EVANGELHO

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus (Mt 10, 34 __ 11, 1) «Não vim trazer a paz, mas a espada».

Naquele tempo, disse Jesus aos seus apóstolos: «Não penseis que Eu vim trazer a paz à terra. Não vim trazer a paz, mas a espada. De facto, vim separar o filho de seu pai, a filha de sua mãe, a nora da sua sogra, de maneira que os inimigos do homem são os de sua casa. Quem ama o pai ou a mãe mais do que a Mim, não é digno de Mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a Mim, não é digno de Mim. Quem não toma a sua cruz para Me seguir, não é digno de Mim. Quem encontrar a sua vida há-de perdê-la; e quem perder a sua vida por minha causa, há-de encontrá-la. Quem vos recebe, a Mim recebe; e quem Me recebe, recebe Aquele que Me enviou. Quem recebe um profeta por ele ser profeta, receberá a recompensa de profeta; e quem recebe um justo por ele ser justo, receberá a recompensa de justo. E se alguém der de beber, nem que seja um copo de água fresca, a um destes pequeninos, por ele ser meu discípulo, em verdade vos digo: não perderá a sua recompensa». Depois de ter dado estas instruções aos seus doze discípulos, Jesus partiu dali, para ir ensinar e pregar nas cidades daquela gente.

Palavra da salvação.

REFLEXÃO

A  passagem evangélica de Mateus 10,34-11,1 aborda dois temas cruciais que constituem   um grande desafio para a nossa vida de fé e compromisso cristão. As  condições para o seguimento de Cristo e a recompensa reservada àqueles que acolhem os enviados de Jesus.

Primeiramente, a passagem destaca as condições para seguir a  Cristo. Jesus afirma que aqueles que desejam segui-Lo devem estar dispostos a renunciar a si mesmos, a carregar a própria cruz e a colocar Jesus acima de qualquer outra relação ou interesse. Isso exige uma entrega total, uma disposição para abraçar os valores e o caminho de vida proposto por Ele, mesmo que isso signifique enfrentar dificuldades e desafio, ser rejeitado e perseguido.  Ser cristão é aceitar com realismo  a luta pelo reino  com a “espada” do sofrimento_  divisões na família, no trabalho, na escola e em todas as áreas do viver

No entanto, é importante notar que o objetivo final de Jesus não é a divisão em si, mas a reconciliação e a transformação. Ele veio para trazer vida abundante, reconciliando a humanidade com Deus e uns com os outros. Embora haja conflito e divisão temporários, a mensagem de Jesus também oferece a possibilidade de cura, unidade e paz duradouras.O convite de Jesus é para que busquemos a vida abundante que ele oferece, enquanto também trabalhamos pela reconciliação e pelo amor mútuo, buscando superar as divisões e conflitos que podem surgir.

 

 

 

 

Por outro lado, a passagem também salienta  a recompensa reservada àqueles que acolhem os seus embaixadores como sendo enviados do Filho e do Pai , oferecendo-lhes hospitalidade e todo o  apoio necessário à difusão do Evangelho.

. Isso indica que aqueles que acolhem e apoiam aqueles que proclamam o evangelho são abençoados com a presença de Deus em suas vidas, entram em  profunda comunhão com Deus fazem   parte do plano divino de trazer esperança, salvação e transformação ao mundo.

De facto, seguir a Jesus e viver uma vida cristã autêntica tem um preço. Como mencionado, Jesus pede-nos  tudo para nos dar tudo. Ele chama -nos a renunciar a nossa vida egoísta e autocentrada, a tomar a nossa cruz e segui-Lo.

A cruz é central na vida cristã. Ela foi escândalo para os judeus, pois a crucificação era uma forma de morte vergonhosa, e loucura para os gentios, pois a ideia de um Deus que se faz homem e morre na cruz era incompreensível. No entanto, para os cristãos, a cruz é sinal de amor, de redenção e de vida. Jesus nos convida a tomar a nossa cruz e segui-Lo, a sacrificar nossos próprios interesses em favor do Reino de Deus e do serviço ao próximo.

Embora seguir a cruz de Cristo possa envolver sacrifício, trabalho árduo e esforço pelo Reino de Deus, podemos ter a certeza de que nada disso será em vão. O serviço prestado aos irmãos e irmãs, os sacrifícios feitos por amor a Deus e ao próximo não passarão despercebidos. Deus é justo e recompensará aqueles que fielmente gastam suas vidas e dons para o bem dos outros.

A nossa glória está na cruz de Cristo, pois ela é sinal de vida, libertação e amor. Ao abraçarmos a cruz, seguindo o exemplo de Jesus, experimentamos a verdadeira vida em comunhão com Ele. A cruz nos liberta do egoísmo, do pecado e da escravidão, abrindo caminho para a plenitude da vida e para a alegria de viver em serviço ao Reino de Deus.

Portanto, embora seguir a Jesus e tomar a nossa cruz possa ter um preço, a recompensa e a glória que nos esperam são infinitamente maiores. Que possamos estar dispostos a gastar nossas vidas, nossos dons e talentos para o serviço de Deus e dos outros, confiando que Ele é fiel em retribuir e que a cruz nos conduz ao verdadeiro sentido da vida.

 

Encerraremos essa reflexão com o canto que expressa a história da nossa vida e o significado da cruz. O cântico “Vitória, tu reinarás, Ó Cruz, tu nos salvarás” reflete a compreensão cristã da cruz de Jesus Cristo:

Na cruz, encontramos um paradoxo que é escândalo para os judeus, loucura para os pagãos e glória para os cristãos. A cruz é um escândalo para os judeus porque eles esperavam um Messias poderoso e triunfante, enquanto Jesus foi crucificado como um criminoso. A cruz é loucura para os pagãos porque a ideia de um Deus morrendo na cruz parecia irracional e absurda. No entanto, para os cristãos, a cruz é o símbolo da vitória e salvação.

Através da morte e ressurreição de Jesus na cruz, a vitória sobre o pecado, a morte e as forças malignas foi conquistada. A cruz tornou-se o meio pelo qual fomos salvos e reconciliados com Deus. É por meio do sacrifício de Jesus na cruz que recebemos o perdão dos nossos pecados e a oferta da vida eterna.

Assim, o cântico celebra a vitória que a cruz traz. A cruz não é apenas um instrumento de morte, mas também de vida e salvação. Ela se torna um sinal de esperança para os cristãos, pois representa o amor redentor de Deus e o caminho para a vida eterna.

Portanto, ao entoar o cântico “Vitória, tu reinarás, Ó Cruz, tu nos salvarás”, estamos proclamando nossa fé na obra redentora de Jesus na cruz. Estamos reconhecendo a vitória que a cruz representa e a salvação que recebemos por meio dela. A cruz se torna o símbolo da nossa esperança e confiança em Deus, que transformou um instrumento de sofrimento em um símbolo de glória e vitória.

 

Canto : Vitória tu reinarás na Cruz tu nos salvarás

https://youtu.be/bo35C9wS8H0

 

Oração

Deus nosso Pai, ajudai-nos a fazer nossos os vossos critérios e atitudes para nos livrarmos do nosso eu mesquinho e estéril. Concedei-nos entender pela vossa palavra e exemplo que a medida da nossa liberdade é a capacidade de amar e de ascese evangélica.

Ajuda-nos, Senhor, com a vossa  graça!Que as palavras do Santo Evangelho perdoem os nossos pecados e ajudem à nossa conversão…

**********************************************

Emissão Final

 Agradecemos a todos os queridos ouvintes que estiveram conosco nesta transmissão da Rádio Maria, na rubrica “Luz de Cada Dia”

transmitida nas frequências 100.2 em Lisboa, 100.08 no Porto e online em www.radiomaria.pt.

Nestes momentos juntos, refletimos sobre as condições da nossa entrega a  Cristo e a recompensa reservada àqueles que acolhem os enviados de Jesus. Fomos desafiados a abraçar a cruz, a renunciar ao egoísmo e a viver uma vida de serviço e amor ao próximo.

Que a paz e a graça de Deus estejam com todos , e até a próxima transmissão da “Luz de Cada Dia” se Deus quiser …