06 30 5ª feira da 10ª semana do tempo Comum

06 30  Mt 9, 1-8 Quinta Feira da 13 stc

 

EVANGELHO Mt 9, 1-8

«Glorificaram a Deus por ter dado tal poder aos homens»

 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo seg. São Mateus

Naquele tempo, Jesus subiu para um barco, atravessou o mar e foi para a cidade de Cafarnaum. Apresentaram-Lhe então um paralítico que jazia numa enxerga. Ao ver a fé daquela gente, Jesus disse ao paralítico: «Filho, tem confiança; os teus pecados estão perdoados». Alguns escribas disseram para consigo: «Este homem está a blasfemar». Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse: «Porque pensais mal em vossos corações? Na verdade, que é mais fácil: dizer: ‘Os teus pecados estão perdoados’, ou dizer: ‘Levanta-te e anda’? Pois bem. Para saberdes que o Filho do homem tem na terra o poder de perdoar os pecados, ‘Levanta-te – disse Ele ao paralítico – toma a tua enxerga e vai para casa’. O homem levantou-se e foi para casa. Ao ver isto, a multidão ficou cheia de temor e glorificava a Deus por ter dado tal poder aos homens.

Palavra da salvação.

 

REFLEXÃO 

 

«Glorificaram a Deus por ter dado tal poder aos homens» Mt 9, 1-8

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Naquele tempo, Jesus subiu para um barco, atravessou o mar e foi para a cidade de Cafarnaum. Apresentaram-Lhe então um paralítico que jazia numa enxerga. Ao ver a fé daquela gente, Jesus disse ao paralítico: «Filho, tem confiança; os teus pecados estão perdoados». Alguns escribas disseram para consigo: «Este homem está a blasfemar». Mas Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse: «Porque pensais mal em vossos corações? Na verdade, que é mais fácil: dizer: ‘Os teus pecados estão perdoados’, ou dizer: ‘Levanta-te e anda’? Pois bem. Para saberdes que o Filho do homem tem na terra o poder de perdoar os pecados, ‘Levanta-te – disse Ele ao paralítico – toma a tua enxerga e vai para casa’. O homem levantou-se e foi para casa. Ao ver isto, a multidão ficou cheia de temor e glorificava a Deus por ter dado tal poder aos homens.

REFLEXÃO 

  • Somos profetas / testemunhas . Não receamos …Lutamos 
  • Jesus e o paralítico 
  • Nós e o paralítico 
  • Dar entusiasmo ….

Jesus Cristo mostrou ao longo da sua vida terrena o poder sobre as próprias leis da natureza. Neste episódio mostra também o poder de perdoar os pecados Em Cafarnaum, perante os escribas, um paralítico  suplicante e seus familiares  diz algo de surpreendente : “Animo, filho!, os teus pecados são perdoados”.

Jesus cristo ao perdoar-lhe os pecados, está a curá-lo também da sua enfermidade, porque esta, segundo a mentalidade judaica, era consequência do pecado pessoal ou dos próprios pais. Ao proceder assim quis significar que  dar o perdão ao paralítico era mais importante que lhe dar a cura física. Curar  a alma é mais importante que curar o corpo. Perdoar os pecados é uma acção divina: Jesus alcança assim o vértice da manifestação de poder salvador.

Ele veio a nós para tirar o pecado do mundo, Ele é o “Cordeiro de Deus imolado para tirar o pecado do mundo” (Jo 1,29). Ele não veio para outra coisa. Tudo o que fez e viveu foi em função disso. Terminou Sua Missão dolorosamente na cruz, dizendo ao Pai: “Tudo está consumado!”. Jesus deixou a Sua Igreja para continuar a Sua missão de tirar o pecado do mundo, e ela faz isso pelos Sacramentos que Ele nos deixou, especialmente o Batismo e a Confissão.

Jesus continua a reconciliar-nos consigo por meio de Cristo e através da Igreja, como afirma S. Paulo (2Cor 5,17s). Efetivamente, Jesus ressuscitado transmitiu aos apóstolos, à comunidade eclesial, o poder do perdão: ’’Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados” (Jo 20,22s). 

— ORAÇÃO 

Senhor, ajudai aqueles a quem paralisa e acorrenta a mesquinhez, o medo, o erro, o desespero e o desamor.

Reconciliai-nos, Senhor, convosco e com os irmãos para podermos sentar-nos de novo á tua mesa na festa.