06 20 Ev Mt 7 1-5 Segunda Feira «Tira primeiro a trave da tua vista»


EVANGELHO Mt 7, 1-5

«Tira primeiro a trave da tua vista»

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Não julgueis e não sereis julgados. Segundo o julgamento que fizerdes sereis julgados, segundo a medida com que medirdes vos será medido. Porque olhas o argueiro que o teu irmão tem na vista e não reparas na trave que está na tua? Como poderás dizer a teu irmão: ‘Deixa-me tirar o argueiro que tens na vista’, enquanto a trave está na tua? Hipócrita, tira primeiro a trave da tua vista e então verás bem para tirar o argueiro da vista do teu irmão».

Palavra da salvação.

 

REFLEXÃO

«Tira primeiro a trave da tua vista» Mt 7, 1-5

Com a lição do evangelho de hoje, Jesus pretende chamar a atenção dos seus discípulos para um perigo que os ronda:  Constituírem-se em elite, crerem-se superiores e separarem-se dos outros, como os fariseus. Não devemos julgar e condenar os outros pois, porque só Deus conhece a fundo o coração do homem.

Hoje Deus aponta-nos para a imitação da sua misericórdia. Como diz o livro da Sabedoria, Deus compadece-se de todos e corrige os que caem para que se convertam e acreditem n’Ele (1 l,23ss).Quem  condena o irmão auto exclui-se do perdão de Deus

Um olhar ao espelho, uma vista de olhos à nossa pequenez e insignificância, à nossa “trave” no olho, minimizará sem dúvida as falhas dos outros e far-nos-á mais tolerantes e acolhedores, pensando que os outros também têm que suportar-nos a nós.

Conhecer as nossas próprias limitações, admiti-las e aceitá-las ensinar-nos-á a saber estar e viver com os outros. Assim caminharemos em verdade e simplicidade, com ânimo de companheirismo, tolerância e compreensão para com os outros sem os condenar.

Se Deus é otimista a respeito do homem e o ama apesar de tudo, o discípulo de Cristo há-de ser o mesmo em relação aos seus irmãos. Este é um caminho mais seguro para a realização e a felicidade pessoal do que o engano da presunção.

Peçamos ao Senhor a capacidade de estar mais pronto a defender os irmãos do que a julgá-los! Assumamos uma atitude profunda de compreensão e de respeito pelos outros. Todos somos   filhos de Deus  e nossos irmãos e com eles caminhamos para a terra prometida.

 

ORAÇÃO

Bendito sejas, Senhor Jesus.

Curai-nos radicalmente da nossa hipocrisia

que vê o cisco do próximo e dissimula a trave própria.

Dá-nos, Senhor, olhos puros para ver o bem, isto é, a vossa  imagem, no rosto do irmão, para acreditar nos outros e para amar a vida com um coração grande como o vosso