Sunday 22nd May 2022

EELMOH – DICTOF

Enjoy – Educate – Live Together – Make Others Happy Divertir Instruir Conviver Tornar Outros Felizes

April 30, 2022 by Luz Divina
No Comments

04 30 Jo 6, 16-21 Sábado da II Semana

EVANGELHO Jo 6, 16-21
«Viram Jesus caminhando sobre o mar»

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

Ao cair da tarde, os discípulos de Jesus desceram até junto do mar, subiram para um barco e seguiram para a outra margem, em direcção a Cafarnaum. Já fazia escuro e Jesus ainda não tinha ido ter com eles. Como o vento soprava forte, o mar ia-se encrespando. Tendo eles remado duas e meia a três milhas, viram Jesus aproximar-Se do barco, caminhando sobre o mar e tiveram medo. Mas Jesus disse-lhes: «Sou Eu. Não temais». Quiseram então recebê-l’O no barco mas logo o barco chegou à terra para onde se dirigiam.
Palavra da salvação.

Reflexão

Para interpretar com fidelidade a passagem de hoje, (Jo 6, 16-21) temos que usar o simbolismo. Os apóstolos estão sozinhos, à noite, no meio do mar turbulento símbolo do mal, dominado pelo maligno. A barca representa o Reino. Sem Jesus, o vento contrário domina-a e impede-a de chegar a seu destino. Ao vê-lo caminhar sobre o mar, reconhecem que era o Mestre e são atingidos pelo medo …

 

Este texto demonstra a transcendência e independência de Jesus, manifestada diante das leis físicas da natureza, revelam o senhorio total como criador e não criatura sobre os acontecimentos, de modo que a nossa resposta de hoje não pode ser outra que a dos que estavam no barco: Verdadeiramente tu és Filho de Deus

Podemos de fato ter medo, mas o medo de que devemos ter é separar-nos do Deus de Jesus Cristo deixar de ter com Ele uma relação afetiva. Mesmo nas condições adversas Deus procura entrar em relação com os seres humanos ..Devemos tentar “compreender” o incompreensível. O que importa é não estarmos positivamente fechados ao que escapa à verificação e à razoabilidade. Acolhamos as surpresas de Deus e as nossas angústias desaparecerão.

 

Cada um de nós carrega a sua cruz, é certo, mas mesmo sofrendo contrariedades e desencontros, será a suavidade e a leveza que deverão estar nos nossos olhos e no nosso coração. Se é Jesus que levamos connosco, é de liberdade que falamos.

Conseguiremos então olhar para o presente que estamos vivendo e para o futuro que temos de programar e esperar com energia renovada e otimismo mais realista.

E após longa reflexão, profunda reflexão Ele diz-nos no nosso intimo:                                                     “Sou Eu, não temais”

 

Oração

 

Senhor Deus, que Vos encarnastes em Jesus Cristo, mesmo para afugentar todos os medos das Vossas criaturas humanas, ajudai  nos a estar sempre abertos à Vossa vinda na nossa vida e a compreender sempre, cada dia, que os Vossos caminhos são os melhores também para nós.

 

 

 

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.