02 19 Mc 9. 2-13 Sabado

EVANGELHO Mc 9, 2-13
«Transfigurou-Se diante deles»

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos

Naquele tempo, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João e subiu só com eles para um lugar retirado num alto monte e transfigurou-Se diante deles. As suas vestes tornaram-se resplandecentes, de tal brancura que nenhum lavandeiro sobre a terra as poderia assim branquear. Apareceram-lhes Moisés e Elias, conversando com Jesus. Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: «Mestre, como é bom estarmos aqui! Façamos três tendas: uma para Ti, outra para Moisés, outra para Elias». Não sabia o que dizia, pois estavam atemorizados. Veio então uma nuvem que os cobriu com a sua sombra e da nuvem fez-se ouvir uma voz: «Este é o meu Filho muito amado: escutai-O». De repente, olhando em redor, não viram mais ninguém, a não ser Jesus, sozinho com eles. Ao descerem do monte, Jesus ordenou-lhes que não contassem a ninguém o que tinham visto, enquanto o Filho do homem não ressuscitasse dos mortos. Eles guardaram a recomendação, mas discutiam entre si o que seria ressuscitar dos mortos. E perguntaram a Jesus: «Porque dizem os escribas que primeiro tem de vir Elias?» Jesus respondeu-lhes: «É certo que Elias vem primeiro para restaurar todas as coisas. Mas então como é que está escrito, a respeito do Filho do homem, que tem de sofrer muito e ser desprezado? Pois bem. Eu vos digo que Elias já veio; e fizeram-lhe tudo o que quiseram, como está escrito a respeito dele».

Palavra da salvação.

 REFLEXÃO

Jesus provou com os seus ensinamentos, a sua vida, a sua morte e ressurreição a fidelidade a seu Pai Resistiu radicalmente às tentações de glória propostas por Satanás no deserto e no Monte Tabor ao recusar as proposta por Pedro: abandonar a cruz para refugiar-se na comodidade da tenda“ Senhor, bom é estarmos aqui; se queres, farei aqui três tendas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias” Mateus 17:4

Este acontecimento mostra a verdadeira identidade de Jesus Cristo. Não é um dos profetas, nem mesmo um dos mais importantes (Elias), pois este aparece agora como um personagem distinto de Jesus.

Jesus, vestido com vestes mais brancas que “nenhuma lavadeira sobre a terra poderia alvejar” é o Cristo glorioso ressuscitado, a Palavra do Pai em relação com a Antiga Lei representada por Elias e Profetas e rejeitada pelos sacerdotes e escribas mas credenciado pelo Pai : “Ouvi-o” Pedro demorará muito tempo a compreender realmente a identidade de Cristo e entender a verdadeira identidade de Cristo sofredor: “Era necessário que o Filho do Homem sofresse muito, e fosse rejeitado pelos anciãos, sumos sacerdotes e escribas, e fosse morto e, depois de três dias, ressuscitasse” (8,31).

Somos chamados diariamente a proclamar a sua ressurreição de Jesus Se desejarmos participar da vitória do Ressuscitado não temos outro caminho se não o da cruz aceitando os dias de revelação ou de ocultação.

Precisamos de “voltar” a descer, ao desafio de encontrar Deus onde tudo parece normal.

 ORAÇÃO

Ó Deus, que na gloriosa Transfiguração de vosso Filho confirmastes os mistérios da fé pelo testemunho de Moisés e Elias, e manifestastes de modo admirável a nossa glória de filhos adotivos, concedei aos vossos servos e servas ouvir a voz do vosso Filho amado, e compartilhar da sua herança.

CANTO DE MEDITAÇÃO

Subiremos montanhas sagradas colunas suaves do amor Cristão