06 23 Missa da vigilia de S. joão Batista

Sexta-feira à tarde

Missa

Missa da vigília

Esta Missa diz-se na tarde do dia 23 de junho, antes ou depois das Vésperas I da solenidade.

Antífona de entrada Lc 1, 15.14
Será grande aos olhos do Senhor e cheio do Espírito Santo desde o seio materno.
Muitos se hão de alegrar pelo seu nascimento.

Diz-se o Glória.

Oração coleta
Senhor nosso Deus, conduzi a vossa família pelo caminho da salvação,
para que, fiel aos ensinamentos do Precursor são João Batista,
possa ir confiadamente ao encontro de Cristo, por ele anunciado.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus
e convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo,
por todos os séculos dos séculos.

LEITURA I Jer 1, 4-10
«Antes de te formar no seio materno, Eu te escolhi»

Leitura do Livro de Jeremias
No tempo de Josias, rei de Judá,
o Senhor dirigiu-me a palavra, dizendo:
«Antes de te formar no ventre materno, Eu te escolhi;
antes que saísses do seio de tua mãe, Eu te consagrei
e te constituí profeta entre as nações».
Então eu disse:
«Ah, Senhor Deus, mas eu não sei falar,
porque sou uma criança».
O Senhor respondeu-me:
«Não digas: ‘Sou uma criança’,
porque irás ao encontro daqueles a quem Eu te enviar
e dirás tudo quanto Eu te mandar dizer.
Não tenhas receio diante deles,
porque Eu estou contigo, para te salvar __ diz o Senhor».
Depois o Senhor estendeu a mão,
tocou-me na boca e disse-me:
«Eu ponho as minhas palavras na tua boca.
Hoje dou-te poder sobre os povos e os reinos,
para arrancar e destruir,
para arruinar e demolir,
para edificar e plantar».
Palavra do Senhor.

SALMO RESPONSORIAL Salmo 70 (71), 1-2.3-4a.5-6ab.15ab e 17 (R. cf. 6b)
Refrão: Desde o meu nascimento, sois a minha esperança.

Em Vós, Senhor, me refugio,
jamais serei confundido.
Pela vossa justiça, defendei-me e salvai-me,
prestai ouvidos e libertai-me.

Sede para mim um refúgio seguro,
a fortaleza da minha salvação.
Vós sois a minha defesa e o meu refúgio,
meu Deus, salvai-me do pecador.

Sois Vós, Senhor, a minha esperança,
a minha confiança desde a juventude.
Desde o nascimento Vós me sustentais,
desde o seio materno sois o meu protetor.

A minha boca proclamará a vossa justiça,
dia após dia a vossa infinita salvação.
Desde a juventude Vós me ensinais
e até hoje anunciei sempre os vossos prodígios.

LEITURA II 1 Pedro 1, 8-12
«Esta salvação foi objeto das investigações e meditações dos Profetas»

Leitura da Primeira Epístola de São Pedro
Caríssimos:
Vós amais Cristo Jesus sem O terdes visto,
acreditais n’Ele sem O verdes ainda.
Isto é para vós fonte de uma alegria inefável e gloriosa,
porque conseguis o fim da vossa fé:
a salvação das vossas almas.
Esta salvação foi objeto das investigações
e meditações dos Profetas
que predisseram a graça a vós destinada.
Procuraram descobrir
a que tempos e circunstâncias se referia o Espírito de Cristo
que estava neles,
quando predizia os sofrimentos de Cristo
e as glórias que se lhes haviam de seguir.
Foi-lhes revelado que não era para eles, mas para vós,
que no seu ministério transmitiam essa mensagem.
É essa mensagem que agora vos anunciam
aqueles que, movidos pelo Espírito Santo enviado do Céu,
vos pregam o Evangelho,
a qual os próprios Anjos desejam contemplar.
Palavra do Senhor.

ALELUIA cf. Jo 1, 7; Lc 1, 17
Refrão: Aleluia. Repete-se
Ele veio para dar testemunho da luz
e preparar o povo para a vinda do Senhor. Refrão

EVANGELHO Lc 1, 5-17
«Dar-te-á um filho, ao qual porás o nome de João»

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Nos dias de Herodes, rei da Judeia,
vivia um sacerdote chamado Zacarias,
da classe de Abias,
cuja esposa era descendente de Aarão e se chamava Isabel.
Eram ambos justos aos olhos de Deus
e cumpriam irrepreensivelmente
todos os mandamentos e leis do Senhor.

Não tinham filhos, porque Isabel era estéril
e os dois eram de idade avançada.
Quando Zacarias exercia as funções sacerdotais diante de Deus,
no turno da sua classe,
coube-lhe em sorte, segundo o costume sacerdotal,
entrar no Santuário do Senhor para oferecer o incenso.
Toda a assembleia do povo, durante a oblação do incenso,
estava cá fora em oração.
Apareceu-lhe então o Anjo do Senhor,
de pé, à direita do altar do incenso.
Ao vê-lo, Zacarias ficou perturbado e encheu-se de temor.
Mas o Anjo disse-lhe:
«Não temas, Zacarias,
porque a tua súplica foi atendida.
Isabel, tua esposa, dar-te-á um filho,
ao qual porás o nome de João.
Será para ti motivo de grande alegria
e muitos hão de alegrar-se com o seu nascimento,
porque será grande aos olhos do Senhor.
Não beberá vinho nem bebida alcoólica;
será cheio do Espírito Santo desde o seio materno
e reconduzirá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus.
Irá à frente do Senhor, com o espírito e o poder de Elias,
para fazer voltar os corações dos pais a seus filhos
e os rebeldes à sabedoria dos justos,
a fim de preparar um povo para o Senhor».
Palavra da salvação.

Diz-se o Credo.

Oração sobre as oblatas
Olhai com bondade, Senhor,
para as ofertas que o vosso povo Vos apresenta,
na solenidade de são João Batista,
e fazei que a nossa vida dê testemunho
dos santos mistérios que celebramos.
Por Cristo nosso Senhor.

Prefácio A missão do Precursor

V. O Senhor esteja convosco.
R. Ele está no meio de nós.
V. Corações ao alto.
R. O nosso coração está em Deus.
V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus.
R. É nosso dever, é nossa salvação.

Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,
é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação
dar-Vos graças, sempre e em toda a parte,
por nosso Senhor Jesus Cristo.
Ao celebrarmos hoje a glória do Precursor são João,
proclamado o maior entre os filhos dos homens,
anunciamos as vossas maravilhas:
antes de nascer, ele exultou de alegria,
sentindo a presença do Salvador;
quando veio ao mundo,
muitos se alegraram pelo seu nascimento;
foi ele, entre todos os Profetas,
que mostrou o Cordeiro que tira o pecado do mundo;
nas águas do Jordão, ele batizou o autor do Batismo
e, desde então, a água viva tem poder de santificar os crentes;
por fim, deu o mais belo testemunho de Cristo,
derramando por Ele o seu sangue.
Por isso, com os coros celestes,
proclamamos, na terra, a vossa glória,
dizendo (cantando) numa só voz:
Santo, Santo, Santo,
Senhor Deus do universo.
O céu e a terra proclamam a vossa glória.
Hossana nas alturas.
Bendito O que vem em nome do Senhor.
Hossana nas alturas.

Antífona da comunhão Lc 1, 68
Bendito o Senhor, Deus de Israel,
que visitou e redimiu o seu povo.

Oração depois da comunhão
Saciados com os alimentos santos,
fazei, Senhor, que a poderosa intercessão de são João Batista,
que anunciou o Cordeiro que vinha tirar o pecado do mundo,
nos alcance do vosso Filho o perdão e a paz.
Por Cristo nosso Senhor.

Pode utilizar-se a fórmula de bênção solene.

 

 

.