12 12 Mt 21, 23-27 Segunda feira

12 12 Mt 21, 23-27 Segunda feira

Donde era o baptismo de João?» Mt 21, 23-27

.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

.Naquele tempo, Jesus foi ao templo e, enquanto ensinava, aproximaram-se d’Ele os príncipes dos sacerdotes e os anciãos do povo, que Lhe perguntaram: «Com que autoridade fazes tudo isto? Quem Te deu tal direito?» Jesus respondeu-lhes: «Vou fazer-vos também uma pergunta e, se Me responderdes a ela, dir-vos-ei com que autoridade faço isto. Donde era o baptismo de João? Do Céu ou dos homens?» Mas eles começaram a deliberar, dizendo entre si: «Se respondermos que é do Céu, vai dizer-nos: ‘Porque não lhe destes crédito?’ E se respondermos que é dos homens, ficamos com receio da multidão, pois todos consideram João como profeta». E responderam a Jesus: «Não sabemos». Ele por sua vez disse-lhes: «Então não vos digo com que autoridade faço isto».

 

REFLEXÃO

Jesus tinha entrado no Templo e derrubara a mesa dos cambistas. Os Sumos Sacerdotes e os anciãos, detentores do poder perguntaram a Jesus – «Com que autoridade fazes estas coisas?» – Jesus, Em vez de justificar o seu poder coloca por sua vez uma pergunta sobre João Batista.

Ao responder deste modo utilizou uma sábia pedagogia catequética. Com efeito ele encontrava-se com pessoas impreparadas para acolherem toda a verdade que Ele propunha.

Tinham rejeitado o projeto de penitência de João Batista e também rejeitavam o projeto de Cristo. Não captaram o projeto de Deus. Sabemos quanto é difícil fazer valer as nossas razões diante das pessoas com outros valores.

Aprendemos hoje com este episódio a  respeitar as etapas que cada pessoa deve ultrapassar para chegarem a Cristo. Os latinos dizem “natura non facit saltus” (a natureza não faz saltos). Por isso, não queiramos que os nossos irmãos aceitem imediatamente verdades que porventura nós mesmos levámos anos a compreender.  

Compreendamos quem quer chegar perto de Jesus precisa de passar antes por João Baptista, isto é, acolher o seu convite à conversão. Quem não tem um coração puro e aberto à verdade não tem disposições certas para compreender Cristo e a Sua mensagem.

          A compreensão do Evangelho exige do Cristão uma conversão. Somente escutando João Baptista somos purificados interiormente e criamos condições para O acolher na nossa vida.
       E ao aceitá-lo  podemos seguir firmes na estrada que nos leva à santidade que é justamente, a vontade de Deus acontecendo na vida dos batizados em nome Jesus Cristo!

 ORAÇÃO

Ouvi benignamente, Senhor, as nossas orações, e iluminai as trevas do nosso espírito com a graça do vosso Filho que vem visitar-nos.

.