01 14 Sexta Feira da Semana I

RVBS Partilhando: Mc 2, 1-12 - "O Filho do homem tem na terra o poder de  perdoar os pecados"

Marcos 2:1-12

CompartilharEnviarTweetarEmail

1Poucos dias depois, tendo Jesus entrado novamente em Cafarnaum, o povo ouviu falar que ele estava em casa.

2Então muita gente se reuniu ali, de forma que não havia lugar nem junto à porta; e ele lhes pregava a palavra.

3Vieram alguns homens, trazendo-lhe um paralítico, carregado por quatro deles.

4Não podendo levá-lo até Jesus, por causa da multidão, removeram parte da cobertura do lugar onde Jesus estava e, pela abertura no teto, baixaram a maca em que estava deitado o paralítico.

5Vendo a fé que eles tinham, Jesus disse ao paralítico: “Filho, os seus pecados estão perdoados”.

6Estavam sentados ali alguns mestres da lei, raciocinando em seu íntimo:

7“Por que esse homem fala assim? Está blasfemando! Quem pode perdoar pecados, a não ser somente Deus?”

8Jesus percebeu logo em seu espírito que era isso que eles estavam pensando e lhes disse: “Por que vocês estão remoendo essas coisas em seu coração?

9Que é mais fácil dizer ao paralítico: Os seus pecados estão perdoados, ou: Levante-se, pegue a sua maca e ande?

10Mas, para que vocês saibam que o Filho do homem tem na terra autoridade para perdoar pecados” – disse ao paralítico –

11“eu digo a você: Levante-se, pegue a sua maca e vá para casa”.

12Ele se levantou, pegou a maca e saiu à vista de todos, que, atônitos, glorificaram a Deus, dizendo: “Nunca vimos nada igual!”

REFLEXÃO

A relação  de Jesus com os pecadores perturbou os detentores do poder  religiosos da época. Quando um paralítico  foi levado a Jesus por causa da fé de seus amigos, Jesus fez o impensável. Ele primeiro perdoou os pecados do homem. Os escribas consideravam isso uma blasfêmia porque entendiam que somente Deus tinha autoridade para perdoar pecados e libertar um homem ou mulher de seu fardo de culpa.

Jesus reivindicou uma autoridade que só Deus poderia legitimamente conceder. Jesus não apenas provou que sua autoridade vinha de Deus, mas também mostrou o grande poder do amor redentor e da misericórdia de Deus, curando o paralítico  de sua doença física. Este homem sofria  não só fisicamente, mas também espiritualmente. Jesus libertou-o  de seu fardo de culpa e restaurou seu corpo também. O Senhor está pronto para nos trazer a cura do corpo, da mente e do espírito. Existe alguma área em sua vida que o impede de caminhar na liberdade do amor e do perdão transformador de Cristo?

O bispo Ambrósio de Milão (339-397 DC), um dos primeiros padres da igreja, explica como a cura do paralítico aponta não apenas para o poder de Cristo de curar a pessoa inteira, mas também de elevar o corpo à vida eterna:

Mas o Senhor, querendo salvar os pecadores, mostra-se Deus tanto pelo conhecimento dos segredos quanto pela maravilha de suas ações. Ele acrescenta: “O que é mais fácil, dizer: ‘Seus pecados estão perdoados'” ou dizer: ‘Levanta-te e ande?’ “Nesta passagem, ele mostra a plena semelhança da ressurreição. mente, ele também perdoa os pecados do espírito, remove a fraqueza da carne e, assim, cura a pessoa inteira. Deus também perdoa por meio deles a quem deu o poder do perdão. No entanto, é muito mais divino dar a ressurreição aos corpos, visto que o próprio Senhor é a ressurreição.

      Peçamos a Jesus a nossa libertação   transformando a nossa  mente e coração para termos um coração semelhante ao dEle. Digamos constantemente :Jesus, manso e humilde de coração, fazei o nosso coração semelhante ao vosso”.

ORAÇÃO

Senhor Jesus, através do vosso  amor misericordioso e perdão, trazeIs cura e restauração ao corpo, alma e mente. Que o vosso  poder de cura e amor toque todas as áreas da nossa  vida – nossos  pensamentos, sentimentos, atitudes e memórias mais íntimos. Perdoai as nossas  ofensas e transformai-nos pelo  poder do vosso  Espírito Santo para que possamos  andar com confiança em seu amor, verdade e justiça.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *