11 28 DOMINGO I DO ADVENTO

Introdução ao Espírito da Celebração  

Escute a gração dos textos. Clique

                ADVENTO: “Jesus Cristo ontem, hoje e sempre!

            Leitor 1: O Advento, é   um tempo que nos abre   para o encontro com o Senhor que vem nos acontecimentos da vida, particularmente, no momento celebrativo, comemorando o Senhor que veio e fazendo-nos dar um passo à frente ao encontro do Senhor que virá glorioso, quando seu Reino estiver plenamente estabelecido entre nós.

                Leitor 2 :  Ele vem ao nosso encontro no presente e no futuro, como veio no passado. Ele é caminheiro fiel na grande peregrinação que fazemos rumo à casa do Pai. Ele é o Emanuel, o Deus connosco com quem descobrimos sempre de novo quem somos, o que queremos e para onde vamos.

Introdução à Primeira Leitura

Leitor 1: Na primeira leitura, pela boca do profeta Jeremias, o Deus da aliança anuncia

Leitor 2 – Sou fiel às minhas   promessas
Leitor 1  – Vou   enviar ao meu   Povo um “rebento” da família de David.  Ele terá a missão de   concretizar um mundo novo
Todos –   Um mundo   de justiça e de paz: fecundidade, bem-estar, vida em abundância

LEITURA I            Jer          33, 14-16                                            «Farei germinar para David um rebento de justiça»

Leitura do Livro de Jeremias (Celeste)

14 Eis o que diz o Senhor:
«Dias virão, em que cumprirei a promessa que fiz à casa de Israel e à casa de Judá:

15 Naqueles dias, naquele tempo, farei germinar para David um rebento de justiça que exercerá o direito e a justiça na terra.

16Naqueles dias, o reino de Judá será salvo e Jerusalém viverá em segurança.
Este é o nome que chamarão à cidade: ‘O Senhor é a nossa justiça’».

Palavra do Senhor.

Introdução ao Salmo  

Leitor 1 : O tema principal deste Salmo é “o caminho do Senhor” que o orante pede para poder conhecer   enquanto confessa com fé a sua bondade e retidão

SALMO RESPONSORIAL   (Cecília)      Salmo  24 (25), 4bc-5ab.8-9.10.14

(R1b)

Refrão: Para Vós, Senhor, elevo a minha alma.

Mostrai-me, Senhor, os vossos caminhos, ensinai-me as vossas veredas.
Guiai-me na vossa verdade e ensinai-me, porque Vós sois Deus, meu Salvador.

O Senhor é bom e reto, ensina o caminho aos pecadores.
Orienta os humildes na justiça e dá-lhes a conhecer os seus caminhos.

Os caminhos do Senhor são misericórdia e fidelidade para os que guardam a sua aliança e os seus preceitos.
O Senhor trata com familiaridade os que O temem e dá-lhes a conhecer a sua aliança.

Introdução Segunda   Leitura

Narrador: Na segunda leitura S. Paulo   convida os tessalonicenses outrora e nós hoje   a progredir na santidade a comportar-se como “devem(os) proceder para agradar a Deus” (1 Tess 4,1) ou seja , a “crescer e abundar no amor mútuo para com todos”(1 Tess 3,12) A perspectiva de uma “vinda” do Senhor não deve ser para o cristão , fonte de medo ou de sujeição cega, pelo contrário deve ser de uma relação mais forte com o Senhor
O tempo que é colocado à nossa disposição , com todas as suas provações , tem um único fim: Fazer crescer e abundar na caridade  uns para comos outros (1 Ts3,12), isto é tornar os nossos corações consagrados ao amor

LEITURA II                                                                                                           1  Tes    3, 12    4, 2

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Tessalonicenses        )Paula Trindade)

Irmãos:

3.12 O Senhor vos faça crescer e abundar na caridade uns para com os outros e para com todos, tal como nós a temos tido para convosco.

13O Senhor confirme os vossos corações numa santidade irrepreensível, diante de Deus, nosso Pai, no dia da vinda de Jesus, nosso Senhor, com todos os santos.

4.1Finalmente, irmãos, eis o que vos pedimos e recomendamos no Senhor Jesus: recebestes de nós instruções sobre o modo como deveis proceder para agradar a Deus, e assim estais procedendo; mas deveis progredir ainda mais.

2Conheceis bem as normas que vos demos da parte do Senhor Jesus.

Introdução ao Evangelho  

Leitor   A vinda do Senhor, é, de novo, proclamada nesta leitura. E com que solenidade! E com que exigências! Mas, no fundo, será esse o momento supremo da nossa libertação, porque o Senhor, que vem, vem como Salvador. O Advento é o tempo particularmente consagrado a viver nesta expectativa


EVANGELHO

Lc 21, 25-28.34-36

«A vossa libertação está próxima»

* Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas (Ana Maria Touças)

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:

25«Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas e, na terra, angústia entre as nações, aterradas com o rugido e a agitação do mar.

26Os homens morrerão de pavor, na expectativa do que vai suceder ao universo, pois as forças celestes serão abaladas.

27 Então, hão-de ver o Filho do homem vir numa nuvem, com grande poder e glória.

28Quando estas coisas começarem a acontecer, erguei-vos e levantai a cabeça, porque a vossa libertação está próxima.

34 Tende cuidado convosco, não suceda que os vossos corações se tornem pesados pela intemperança, a embriaguez e as preocupações da vida, e 35 esse dia não vos surpreenda subitamente como uma armadilha, pois ele atingirá todos os que habitam a face da terra.

Portanto, vigiai e orai em todo o tempo,

para que possais livrar-vos de tudo o que vai acontecer

e comparecer diante do Filho do homem».

Palavra da salvação.

Oração

Todos: Ó Deus, fazei que reconheçamos na evolução dos acontecimentos terrenos a vossa presença de Pai, que vela sobre a vida de todos os Vossos filhos; ó Espírito Santo, sede para nós o Mestre que nos guia no caminho ; Ó Senhor, conduzi os nossos corações  no caminho da esperança na experiência do Vosso amor que salva