QUARTA-FEIRA da semana XIV Wednesday

2019-07-10

   
LEITURA I (anos ímpares) Gen 41, 55-57; 42, 5-7a.17-24a «Estamos a pagar o que fizemos ao nosso irmão» Esta leitura introduz na história da salvação uma personagem que nela ocupa lugar de grande importância: José, um dos doze filhos de Jacob. Vendido por seus irmãos, depois glorioso governador do Egipto, distribuidor dos bens de seu senhor aos irmãos que deles careciam, coração grande que soube perdoar sem se vingar, José é figura de Jesus, o Salvador de seus irmãos, a quem perdoa e dá o aliment
   
o. 
READING I (odd years) Gen 41: 55-57; 42, 5-7a.17-24a «We are paying what we have done to our brother» This reading introduces in the history of salvation a character that occupies a place of great importance: Joseph, one of the twelve sons of Jacob. Sold by his brothers, then glorious governor of Egypt, distributing his master’s goods to the brothers who lacked them, a great heart that knew how to forgive without revenge, Joseph is a figure of Jesus, the Savior of his brothers, to whom he forgives and gives food.

 

 

R

 

 

 

 

 

Leitura do Livro do Génesis 
Naqueles dias, toda a terra do Egipto começou a sentir fome e o povo pediu pão ao faraó em altos brados. Então o faraó disse a todos os egípcios: «Ide a José e fazei o que ele vos disser». Como a fome se estendia a todo o país, José mandou abrir os celeiros e começou a vender trigo aos egípcios. Embora a fome se agravasse na terra do Egipto, de todos os países vinham ao Egipto comprar trigo a José, pois a fome alastrava por toda a terra. Então os filhos de Jacob chegaram para comprar trigo, no meio dos outros forasteiros, porque a fome assolava a terra de Canaã. José tinha nas mãos o governo do país; era ele quem vendia o trigo a toda a população. Os irmãos de José chegaram e prostraram-se diante dele com o rosto em terra. Ao ver os irmãos, José reconheceu-os, mas, fingindo que lhes era estranho, falou-lhes duramente e mandou-os meter na prisão durante três dias. No terceiro dia, disse-lhes José: «Fazei o que vou dizer-vos, para salvar a vida, porque eu sou temente a Deus. Se estais de boa fé, fique um dos vossos irmãos aqui preso e vós ide levar trigo, para matar a fome às vossas famílias. Depois trazei-me o vosso irmão mais novo; assim confirmareis as vossas palavras e não morrereis». Eles assim fizeram. Então começaram a dizer uns para os outros: «Estamos a pagar o que fizemos ao nosso irmão José. Vimos a sua angústia, quando nos implorava piedade, e não quisemos escutá-lo. Por isso caiu sobre nós esta desgraça». Rúben respondeu-lhes: «Eu não vos dizia que não fizésseis mal ao menino? Mas vós não quisestes escutar-me e agora pedem-nos contas do seu sangue». Eles não sabiam que José os compreendia, porque entre José e os irmãos estava o intérprete. José afastou-se deles e chorou; depois voltou para junto deles e falou-lhes. 
Palavra do Senhor. 

 

 

 


SALMO RESPONSORIAL Salmo 32 (33), 2-3.10-11.18-19 (R. 22) 
Refrão: Esperamos, Senhor, na vossa misericórdia. Repete-se 
Ou:Desça sobre nós a vossa bondade, porque em Vós esperamos, Senhor. Repete-se 

Louvai o Senhor com a cítara, 
cantai-Lhe salmos ao som da harpa. 
Cantai-Lhe um cântico novo, 
cantai-Lhe com arte e com alma. Refrão 

O Senhor frustrou os planos dos pagãos, 
fez malograr os projectos dos povos. 
O plano do Senhor permanece eternamente 
e os desígnios do seu coração por todas as gerações. Refrão 

Os olhos do Senhor estão voltados 
para os que O temem, 
para os que esperam na sua bondade, 
para libertar da morte as suas almas 
e os alimentar no tempo da fome. Refrão 


ALELUIA Mc 1, 15 
Refrão: Aleluia. Repete-se 

Está próximo o reino de Deus: 
arrependei-vos e acreditai no Evangelho. Refrão 

EVANGELHO Mt 10, 1-7 
«Ide às ovelhas perdidas da casa de Israel» 

Aparece, pela primeira vez, a lista dos que são aqui chamados os “doze Apóstolos”. Noutros lugares chamam-se apenas os «Doze». Este número corresponde no Novo Testamento aos doze patriarcas das doze tribos de Israel do Antigo Testamento. O povo de Deus na Igreja é o ponto de chegada do povo eleito que vinha já do Antigo Testamento. Os Doze são “enviados”; é o que significa o nome de “apóstolos”, e levam em si a própria missão de Jesus, que é também, o Enviado do Pai. 

GOSPEL Mt 10: 1-7 “Go to the lost sheep of the house of Israel”

For the first time, the list of the so-called “Twelve Apostles” appears. Elsewhere they are called the Twelve. This number corresponds in the New Testament to the twelve patriarchs of the Twelve Tribes of Israel of the Old Testament. The people of God in the Church is the point of arrival of the elect people who came already from the Old Testament. The Twelve are “sent”; is what the name of “apostles” means, and they carry within themselves the very mission of Jesus, who is also the Apostle’s Envoy.



Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus 
Naquele tempo, Jesus chamou a Si os seus Doze discípulos e deu-lhes poder de expulsar os espíritos impuros e de curar todas as doenças e enfermidades. São estes os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu; Simão, o Cananeu, e Judas Iscariotes, que foi quem O entregou. Jesus enviou estes Doze, dando-lhes as seguintes instruções: «Não sigais o caminho dos gentios, nem entreis em cidade de samaritanos. Ide primeiramente às ovelhas perdidas da casa de Israel. Pelo caminho, proclamai que está perto o reino dos Céus». 
Palavra da salvação. 


ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS 
Fazei, Senhor, 
que a oblação consagrada ao vosso nome nos purifique 
e nos conduza, dia após dia, 
a viver mais intensamente a vida da graça. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, 
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. 


ANTÍFONA DA COMUNHÃO Salmo 33, 9 
Saboreai e vede como o Senhor é bom: 
feliz o homem que n’Ele se refugia. 
Ou Mt 11, 28 
Vinde a Mim, todos vós que andais cansados e oprimidos, 
e Eu vos aliviarei, diz o Senhor. 


ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO 
Senhor, que nos saciastes com estes dons tão excelentes, 
fazei que alcancemos os benefícios da salvação 
e nunca cessemos de cantar os vossos louvores. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, 
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

 

Martirológio