11 14 Lc 17, 7-10 Terça Somos servos inuteis

EVANGELHO Lc 17, 7-10
«Somos inúteis servos:
fizemos o que devíamos fazer»

.
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Naquele tempo, disse o Senhor: «Quem de vós, tendo um servo a lavrar ou a guardar gado, lhe dirá quando ele volta do campo: ‘Vem depressa sentar-te à mesa’? Não lhe dirá antes: ‘Prepara-me o jantar e cinge-te para me servires, até que eu tenha comido e bebido. Depois comerás e beberás tu’. Terá de agradecer ao servo por lhe ter feito o que mandou? Assim também vós, quando tiverdes feito tudo o que vos foi ordenado, dizei: ‘Somos inúteis servos: fizemos o que devíamos fazer’».
Palavra da salvação.

REFLEXÃO

Neste trecho do Evangelho de São Lucas, o Senhor xs oferece nos uma valiosa lição sobre a humildade e a gratidão. Utiliza  a figura de um senhor e seu servo para ilustrar como nos  devemos comportar diante de Deus.

O senhor não pede ao servo que se sente à mesa imediatamente ao chegar do campo, mas sim que o sirva primeiro, preparando-lhe o jantar e aguardando até que ele tenha saciado a fome e sede. Somente depois disso é que o servo poderá cuidar de suas próprias necessidades.

Da mesma forma, Jesus nos ensina que devemos servir a Deus de forma desinteressada, colocando Suas vontades acima das nossas. Mesmo quando cumprimos nossas obrigações e fazemos o que nos foi ordenado, não devemos esperar recompensas ou elogios. Devemos reconhecer que somos simples servos, cumprindo nossa missão.

Devemos cultivar uma profunda gratidão a Deus pela oportunidade de sermos instrumentos em Suas mãos para realizar Sua vontade na Terra. Cada ação realizada em Seu nome é uma bênção e uma oportunidade de crescimento espiritual, e devemos reconhecer e agradecer por essa dádiva.

Estas conclusões lembram nos da importância de manter uma postura de humildade, serviço desinteressado e gratidão na nossa peregrinação  de fé. Ao fazê-lo, estaremos verdadeiramente seguindo os ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Oração:

Senhor Jesus Cristo, agradecemos por nos ensinares a humildade e o serviço desinteressado. Ajuda-nos a compreender que somos simples servos cumprindo a vossa  vontade. Que possamos servir com amor e dedicação, sem esperar nada em troca. Que a nossa gratidão esteja em cumprir a missão que nos confiaste. Amém.