11 06 Segunda-feira da semana XXXI

Agenda litúrgica

2023-11-06

Segunda-feira da semana XXXI

S. Nuno de Santa Maria, religioso – MO
Branco – Ofício da memória.
Missa da memória.

L 1 Rm 11, 29-36; Sl 68 (69), 30-31. 33-34. 36-37
Ev Lc 14, 12-14

* No Patriarcado de Lisboa – S. Nuno de Santa Maria, religioso, Padroeiro secundário do Patriarcado – MO
* Na Ordem Agostiniana – Comemoração de todos os Irmãos e Irmãs defuntos da Ordem.
* Na Ordem Carmelita e na Ordem dos Carmelitas Descalços – S. Nuno de Santa Maria, religioso – FESTA
* Na Ordem de São Domingos – Bb. Boaventura Garcia Paredes, Jacinto Serrano López, presbíteros e Companheiros, mártires – MO
* Na Ordem dos Franciscanos Capuchinhos – B. Frederico de Verga e Companheiros, mártires, presbíteros e religiosos da I Ordem – MF
* Na Congregação dos Irmãos das Escolas Cristãs (Lassalistas/La Salle) – BB. Mário Félix e Companheiros, religiosos, mártires – MF
* Na Congregação da Missão e na Companhia das Filhas da Caridade – Bb. Fortunato Velasco Tobar, Vicente Queralt Lloret, José Fernandez Sánchez, presbíteros. Melchora Adoracion Cortés Bueno, Josefa Martinez Pérez, virgens e companheiras, mártires – MO
* Na Congregação da Paixão de Jesus Cristo – Missa anual por todos os religiosos falecidos da Congregação.
* Na Congregação dos Sagrados Corações – Bb. Teófilo Fernández de Legaria e Companheiros, presbíteros e mártires – MF
* Na Congregação Salesiana – Em cada casa, Missa pelos benfeitores e membros da Família Salesiana falecidos.
* Na Congregação do Santíssimo Redentor – Bb. José Xavier, presbítero e Companheiros, mártires – MO
* Na Congregação dos Irmãos Maristas – Bb. Laurentino, Bernardo, Virgílio, Crisanto, e Companheiros, mártires – MO
* Na Sociedade Missionária da Boa Nova – S. Nuno de Santa Maria, religioso – FESTA
* Nas Dioceses de Cabo Verde – Ofício e Missa da féria.

Missa

Antífona de entrada Cf. Sl 37, 22-23
Não me abandoneis, Senhor; meu Deus, não Vos afasteis de mim.
Senhor, socorrei-me e salvai-me.

Oração coleta
Deus omnipotente e misericordioso,
de quem procede a graça de Vos servirmos fiel e dignamente,
fazei-nos caminhar, sem obstáculos,
para os bens por Vós prometidos.
Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus
e convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo,
por todos os séculos dos séculos.


LEITURA I (anos ímpares) Rm 11, 29-36
«Deus encerrou a todos na desobediência,
para usar de misericórdia para com todos»

São Paulo coloca frente a frente duas situações: a dos judeus, o antigo povo eleito, que não acolheu a misericórdia de Deus e ficou fora da Igreja de Deus, e a dos pagãos, a quem não tinha chegado a mensagem do Evangelho de Cristo e que, por isso, também estavam de fora. Quando os judeus descobrirem o que a misericórdia de Deus fez aos pagãos, chamando-os ao Evangelho, também eles aceitarão a misericórdia de Deus e serão todos um só e mesmo povo de Deus. Caminhos da sabedoria de Deus insondáveis e incompreensíveis!

Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Romanos
Irmãos: Os dons e o chamamento de Deus são irrevogáveis. Na verdade, vós fostes outrora desobedientes a Deus e agora alcançastes misericórdia, devido à desobediência dos judeus. Assim também eles desobedeceram agora, de modo que, devido à misericórdia obtida por vós, também eles alcancem agora misericórdia. Efectivamente, Deus encerrou a todos na desobediência, para usar de misericórdia para com todos. Como é profunda a riqueza, a sabedoria e a ciência de Deus! Como são insondáveis os seus desígnios e incompreensíveis os seus caminhos! Quem conheceu o pensamento do Senhor? Quem foi o seu conselheiro? Quem Lhe deu primeiro, para que tenha de receber retribuição? D’Ele, por Ele e para Ele são todas as coisas. Glória a Deus para sempre. Amen.
Palavra do Senhor.


SALMO RESPONSORIAL Salmo 68 (69), 30-31.33-34.36-37 (R. 14c)
Refrão: Pela vossa bondade, ouvi-me, Senhor. Repete-se

Eu sou pobre e miserável:
defendei-me com a vossa protecção.
Louvarei com cânticos o nome de Deus
e em acção de graças O glorificarei. Refrão

Vós, humildes, olhai e alegrai-vos,
buscai o Senhor e o vosso coração se reanimará.
O Senhor ouve os pobres
e não despreza os cativos. Refrão

Deus protegerá Sião, reconstruirá as cidades de Judá
e voltarão a ocupá-la os cativos.
Os seus servos a receberão em herança
e nela hão-de morar os que amam o seu nome. Refrão


ALELUIA Jo 8, 31b-32
Refrão: Aleluia. Repete-se
Se permanecerdes na minha palavra,
sereis verdadeiramente meus discípulos
e conhecereis a verdade, diz o Senhor. Refrão


EVANGELHO Lc 14, 12-14
«Não convides os teus amigos, mas os pobres e os doentes»

A comunidade cristã é aberta a todos os homens, particularmente a todos os que procuram a Deus em Jesus Cristo. Os critérios de escolha não são, por isso, os critérios do mundo; a prioridade é para os mais infelizes. Deste modo, o cristão imitará a bondade de Deus, que ama a todos e a todos quer salvar, e que, pela sua maneira de proceder, Se torna a revelação dessa mesma bondade divina.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Naquele tempo, disse Jesus a um dos principais fariseus, que O tinha convidado para uma refeição: «Quando ofereceres um almoço ou um jantar, não convides os teus amigos nem os teus irmãos, nem os teus parentes nem os teus vizinhos ricos, não seja que eles por sua vez te convidem e assim serás retribuído. Mas quando ofereceres um banquete, convida os pobres, os aleijados, os coxos e os cegos; e serás feliz por eles não terem com que retribuir-te: ser-te-á retribuído na ressurreição dos justos».
Palavra da salvação.


Oração sobre as oblatas
Senhor, fazei que este sacrifício
seja, para Vós, uma oblação pura
e, para nós, o dom generoso da vossa misericórdia.
Por Cristo nosso Senhor.

Antífona da comunhão Cf. Sl 15, 11
O Senhor me ensinará o caminho da vida,
a seu lado viverei na plenitude da alegria.

Ou: Cf. Jo 6, 58
Assim como o Pai que Me enviou é o Deus vivo e Eu vivo pelo Pai,
também o que Me come viverá por Mim, diz o Senhor.

Oração depois da comunhão
Multiplicai em nós, Senhor, os frutos da vossa graça,
para que os sacramentos celestes,
que nos alimentam na vida presente,
nos preparem para alcançarmos a herança prometida.
Por Cristo nosso Senhor.

Santo

São Nuno de Santa Maria, religioso