06 18 Mt 8, 1-4 Sexta «Se quiseres, podes curar-me»

 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Ao descer Jesus do monte, seguia-O uma grande multidão. Veio então prostrar-se diante d’Ele um leproso, que Lhe disse: «Senhor, se quiseres, podes curar-me». Jesus estendeu a mão e tocou-o, dizendo: «Eu quero: fica curado». E imediatamente ficou curado da lepra. Disse-lhe Jesus: «Não digas nada a ninguém; mas vai mostrar-te ao sacerdote e apresenta a oferta que Moisés ordenou, para que lhes sirva de testemunho».
Palavra da salvação

 

REFLEXÃO

O Evangelho segundo São Mateus, capítulo 8, versículos 1 a 4, narra a cura de um leproso por Jesus. Este episódio acontece logo após Jesus descer do monte, seguido por uma grande multidão. Um leproso aproxima-se de Jesus, prostra-se e faz um pedido humilde e cheio de fé: “Senhor, se quiseres, podes curar-me”. Jesus, com compaixão, estende a mão, toca no homem e diz: “Eu quero: fica curado”. Imediatamente, o homem é curado da lepra. Jesus instrui o homem a não contar a ninguém, mas a ir mostrar-se ao sacerdote e oferecer o sacrifício que Moisés ordenou, como testemunho.

Este trecho do Evangelho ensina  sobre a importância da fé e da humildade. O leproso não exige a cura, mas submete-se à vontade de Jesus, reconhecendo Seu poder e misericórdia. Jesus responde com compaixão e poder, demonstrando que Ele está sempre disposto a atender aqueles que O procuram com fé verdadeira. A cura não só restaura a saúde física do homem, mas também o reintegra à comunidade, seguindo as leis de Moisés.

Para os leitores cristãos, esta passagem aconselha-nos a  que devemos nos aproximar de Deus com humildade e fé, confiando que Ele sabe o que é melhor para nós. A compaixão e a prontidão de Jesus para ajudar inspiram  nos  a sermos também compassivos e disponíveis para os outros.

 

 Oração

 

Senhor Jesus, que mostraste Tua compaixão e poder curador ao leproso, aumenta a nossa fé e humildade para que possamos confiar plenamente na Tua vontade. Cura nossas feridas físicas e espirituais e ajuda-nos a seguir o Teu exemplo de amor e misericórdia. Amém.